Notícias

Presidente e vice da APMAJU apresentam demandas da categoria ao prefeito Edvaldo Nogueira

Article cover c728b0bc34dd5bb1

Nesta quinta-feira, 10, o presidente da Associação dos Procuradores do Município de Aracaju – APMAJU, Matheus Brito Meira, e o vice-presidente da instituição, Luiz Carlos Quirino, realizaram uma visita ao prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira. O encontro ocorreu no gabinete do gestor municipal e na oportunidade foram apresentadas as demandas da categoria.

De acordo com o presidente, entre as reivindicações estão a necessidade de evolução da carreira e da estrutura de trabalho da Procuradoria-Geral do Município. “Estamos vendo o esforço da sua gestão para colocar a casa em ordem e regularizar o descalabro encontrado na prefeitura de Aracaju. Mas, o fato é que os procuradores municipais requerem atenção quanto às suas demandas de infraestrutura de trabalho e principalmente a necessidade de evolução da carreira”, destacou Matheus Brito Meira.

O vice-presidente aproveitou a oportunidade para lembrar ao prefeito sobre o compromisso firmado com a categoria à época da campanha eleitoral. “Assim como nosso encontro no ano passado, quando ele ainda pleiteava o cargo, aproveitamos para reafirmar a confiança depositada nele à época e reiterar o compromisso firmado”, disse Luiz Carlos Quirino.  

O prefeito disse compreender os pleitos dos procuradores, mas frisou que o primeiro ano da sua gestão está focado em organizar as contas municipais, para poder garantir avanços nos anos seguintes.

"Tenho plena consciência dos compromissos que firmei com os procuradores, antes mesmo de ser eleito prefeito. Mas toda a sociedade sabe da situação calamitosa que encontramos. Desde que assumimos a prefeitura, estamos organizando a gestão. Já tivemos muitos avanços, como reduzir os gastos em R$ 65 milhões. O resultado disso é que estamos pagando os salários dos servidores em dia, pagando os fornecedores e garantindo o funcionamento dos serviços públicos", destacou o prefeito.

O procurador-geral do município, Netônio Machado, e o secretário de Governo, Carlos Cauê, participaram da reunião.